O pH das rações dos pets

Escrito em Postado em Boletins Laboratório, Deixe um comentário.

Cães e gatos, assim como os humanos, precisam de um estilo de vida equilibrado para se manterem saudáveis ​​e felizes. A ração para pets deve ser preparada, preservada e armazenada adequadamente para manter o frescor e a nutrição ideais. Este processo de preservação geralmente envolve a medição da temperatura, teor de água e um parâmetro muito importante: o pH.

Esses fatores se tornam mais importantes se o alimento foi desenvolvido para atender a um determinado estilo de dieta ou para trabalhar com um alimento específico.

Rações armazenadas à temperatura ambiente correm o risco do desenvolvimento de bactérias e fungos patogênicos, como C. botulinum, a bactéria que causa o botulismo; A exposição de animais de estimação, mesmo em pequenas quantidades, a C. botulinum pode causar doenças. Para evitar o crescimento dessas bactérias perigosas, os fabricantes usam uma variedade de práticas de esterilização em seus processos de enlatamento, como desinfecção química e esterilização por calor. Além disso, verificou-se que o crescimento de C. botulinum é significativamente inibido em ambientes ácidos com pH inferior a 4.6, assim a ração pode ser acidificada abaixo deste valor para aumentar a vida útil e para controlar o crescimento de micro-organismos.

Os fabricantes iniciam a análise de risco e pontos de controle críticos (HACCP) para manter a higiene de seus alimentos e garantir um processo correto de elaboração. As especificações de cada HACCP variam de fabricante para fabricante, dependendo de seus processos específicos. Os planos HACCP incluem pontos críticos de controle que envolvem vários aspectos da produção, desde riscos químicos, passando pela aquisição de matérias-primas, até a aquisição e consumo de produtos. Parâmetros de controle de qualidade, como pH, juntamente com as técnicas apropriadas para medir esses parâmetros, são descritos nos planos de um HACCP.

A Hanna oferece medidor edge® HI2002, que é um medidor simples e fácil de usar para medir o pH.

edge® oferece diagnósticos avançados do eletrodo de pH para garantir medições sem preocupações. Os diagnósticos incluem o exclusivo recurso CAL Check™ da Hanna, que alerta os usuários para possíveis problemas durante a calibração. A função característica do Sensor Check™ para integridade e ligação do vidro é ativada quando eletrodos de pH opcionais com pinos correspondentes são usados.

Os eletrodos edge® possuem um microchip embutido que armazena informações de calibração que são recuperadas automaticamente quando o eletrodo é conectado ao medidor; isso possibilita a troca de eletrodos sem a necessidade de recalibrar, oferecendo flexibilidade para o usuário que mede o pH com mais de um eletrodo.

Este medidor pode ser montado na parede usando a base de montagem (incluída). Esta base possui um conector de energia embutido e permite o carregamento de suas baterias.

O edge® permite o armazenamento de até 1.000 registros de dados que incluem o valor das leituras, dados GLP, data e hora. Através das portas USB é possível exportar essa informação para um pen drive ou conectar o medidor diretamente ao computador.

Siga-nos