Medição de pH em queijos

Escrito em Postado em Aplicações Indústria Alimentícia, Deixe um comentário.

Na indústria de laticínios existem várias subcategorias, das quais podem ser obtidos os subprodutos do leite, tais como: iogurte, natas, manteiga e queijos; Destes últimos, são inúmeros os produtos, desde queijos com denominação de origem até aos de tipo caseiro.

O queijo é definido como o produto macio, semiduro, duro e extra duro, curado ou não, e que pode ser revestido. É feito com coalhada padronizada e pasteurizada de leite de vaca ou de outra espécie animal, com ou sem adição de nata, obtida pela coagulação da proteína (caseína) com coalho, bactérias lácticas, enzimas e/ou ácidos apropriados. Os queijos podem ser elaborados com leite integral, parcialmente desnatado, semidesnatado, desnatado, nata ou nata dupla e sua classificação é a seguinte:

Fresco. É caracterizado por seu alto teor de umidade, sabor suave e curta vida útil, por isso deve ser refrigerado.

Maturado. São os queijos mais duros, semiduros ou de pasta mole, submetidos a um processo de maturação por adição de microrganismos, mofos ou bactérias sob condições controladas de tempo, temperatura e umidade para provocar alterações bioquímicas e físicas, que lhes conferem o consistência e sabor característicos.

Processado. Resultado da mistura de queijos envelhecidos derretidos, aos quais se podem adicionar ingredientes e especiarias.

Aplicação

É importante realizar a determinação do pH em diferentes pontos do processo de fabricação de todos os tipos de queijos, desde a adição de ácidos para a coagulação do queijo, a análise da qualidade do produto finalizado e o controle do pH em queijos maturados.

Por isso, na HANNA nos preocupamos em desenvolver um medidor de pH útil e prático, o medidor de bolso HI981032, especialmente para as ocasiões em que é necessário obter o valor do pH. O eletrodo também foi especificamente projetado para a determinação do pH em queijos, seja qual for o tipo de queijo que se queira analisar, isso é conseguido graças ao corpo de fluoreto de polivinilideno (PVDF) que resiste à maioria dos compostos químicos e solventes usados ​​na desinfecção, além da ponta cônica que permite a penetração em produtos sólidos e semissólidos e emulsões para obter uma leitura direta do pH. A junção aberta do eletrodo reduz a possibilidade de entupimentos formados por sólidos em suspensão e proteínas encontradas em queijos, dando maior estabilidade à leitura de pH.

Como mencionado acima, a determinação do pH é importante em diferentes etapas do processo de produção de queijo e por isso o medidor de bolso HI981032 é um dispositivo com tamanho e design prático para facilitar a medição, além de ter a função de desligamento automático que economiza bateria e permite que mais medições sejam feitas.

Outro recurso que torna o HI981032 especial é que um ícone de ampulheta aparecerá na tela LCD enquanto a leitura de pH se estabiliza, garantindo assim uma medição precisa.

Todas essas características fazem do HI981032 tester de pH para queijo um excelente medidor de bolso para a determinação do pH em qualquer etapa do processo de produção de todos os tipos de queijos.

As principais especificações do HI981032 são:

  • Faixa de 0 a 14.0 pH
  • Precisão de ±0.2 pH
  • Calibração automática em até 2 pontos (com as soluções de calibração da Hanna)
  • Eletrodo com ponta cônica específica para a aplicação em queijos (semissólidos, sólidos e emulsões)
  • Desligamento automático

Siga-nos