Impurezas que causam obstruções na água

Escrito em Postado em Análises de água Boletins, Deixe um comentário.

A osmose reversa é um método de desmineralização da água baseado em membranas e usado para separar sólidos dissolvidos, como íons, de uma solução. As membranas agem como barreiras permeáveis ​​seletivas que permitem que a água passe através delas, enquanto retêm outras substâncias dissolvidas. Se a pressão exercida for maior que a pressão osmótica, a membrana atua como uma barreira para sais e/ou moléculas, rejeitando-os.

A osmose reversa oferece a melhor filtragem atualmente disponível, impedindo a passagem de bactérias e vírus, obtendo água pura e esterilizada.

Membranas filtrantes podem ser consideradas como filtros moleculares. O tamanho dos poros é extremamente pequeno, portanto é necessária uma pressão considerável para passar quantidades de água através deles. A escolha do modelo de membrana mais adequado deve ser feita de acordo com a água a ser tratada e seu uso subsequente, determinando o tipo de instalação mais adequado.

As principais aplicações das membranas de OR incluem: dessalinização; remoção/redução de subprodutos de desinfecção, dureza, cor, contaminantes inorgânicos, compostos orgânicos sintéticos e voláteis, patógenos; e recuperação de águas residuais.

É importante ter em mente que, embora as membranas de osmose reversa também possam remover sólidos em suspensão e outras partículas, a carga excessiva pode danificar ou obstruir rapidamente as membranas semipermeáveis, uma vez que não são porosas e, portanto, não são capazes de retro lavagem. Portanto, embora o OR possa reduzir os níveis de turbidez, a contagem de partículas, etc., a tecnologia não é projetada especificamente para essa finalidade e é necessário um pré-tratamento para remover esse material.

Essencialmente, todas as fontes de água em que os sistemas de membrana são usados ​​devem passar por certos níveis de pré-tratamento, que buscam preservar sua integridade, maximizando sua eficiência e durabilidade. Os processos de pré-tratamento geralmente envolvem a adição de ácidos, inibidores de incrustação ou ambos, para impedir a precipitação de sais pouco solúveis, seguidos por um estágio de filtração (por cartucho) de 5 a 20 µm para impedir o bloqueio de partículas.

As obstruções da membrana geralmente ocorrem no lado do abastecimento, as principais causas de obstrução são as seguintes:

  • Depósito de lodo ou de outros sólidos em suspensão que não foram removidos no pré-tratamento.
  • Incrustações inorgânicas causadas pela precipitação de sais pouco solúveis ou sílica.
  • Obstruções biológicas causadas pelo crescimento excessivo de micro-organismos.

Uma membrana com incrustações apresenta três problemas principais de desempenho: pressão operacional mais alta que o normal, para compensar o fluxo mais baixo da membrana a pressão constante, uma queda de pressão mais alta e uma rejeição mais baixa de sais do que o esperado.

A tabela a seguir mostra os valores de qualidade da água geralmente aceitos para minimizar a incrustação da membrana de osmose reversa.

SubstânciaUnidadesValor
Sílicappm200
Bário, Estrôncioppm<0.05
CálcioLSI<0

A sílica é encontrada em todas as fontes de água na forma de mineral dissolvido. É levemente solúvel em água e pode ser encontrado como íon, silicatos ou partículas coloidais ou suspensas. A solubilidade da sílica depende em grande parte do pH, da temperatura e da pressão.

Devido à importância desse elemento, a Hanna desenvolveu o fotômetro portátil HI96705 para a medição de sílica. Este instrumento usa uma adaptação do método ASTM D859 azul heteropoli para medir concentrações de sílica inferiores a 2.00 mg/L (ppm).

Os fotômetros portáteis HI96705 HI96770 possuem um sistema óptico avançado; a combinação de uma lâmpada especial de tungstênio, filtro de interferência de banda estreita e um fotodetector de silício que garante leituras fotométricas precisas. Ele também possui o recurso CAL Check ™ exclusivo da Hanna, que usa padrões rastreáveis ​​ao NIST prontos para verificar a validação e calibração do medidor. O sistema exclusivo de bloqueio de célula garante que ela seja inserida sempre na mesma posição para realizar a medição, mantendo um caminho com comprimento constante.


Referências

  • Diseños y soluciones sostenibles DSS. S.A. Ósmosis inversa (RO). Disponível em: http://dss.com.ec/wp-content/uploads/2012/07/osmosis_inversa.pdf
  • Water Equipment. Ósmosis Inversa. Disponível em: http://www.wetmex.net/osmosis.php

Siga-nos