Entendendo os resultados de teste de sua horta

Escrito em Postado em Agricultura e Hidroponia Boletins, Deixe um comentário.

Suas plantas estão bem alimentadas?

Fazer uma planta crescer, a partir de sementes ou mudas, até a fase adulta é algo realmente satisfatório. Talvez seja a visão de um tomate vermelho brilhante, rosas dignas de prêmios ou o cheiro do solo. Para que as plantas sejam resistentes o suficiente para atingir todo o seu potencial, precisam de nutrientes adequados. Alguém poderia pensar que a remoção de ervas daninhas, o cultivo rotativo e a colocação de uma camada de fertilizante seriam suficientes.

Recomendamos testar seu solo regularmente para monitorar diretamente a saúde das plantas. Testar seu solo permite que todos, de jardineiros a agricultores experientes, obtenham a vegetação dos seus sonhos. Agora você pode estar se perguntando, quanto isso custa? Ou quantos testes eu preciso fazer? As respostas podem surpreendê-lo.

Testar seu solo pode poupar tempo, dinheiro e mágoa a longo prazo ao gerenciar suas plantas. Está começando com o teste de solo? Não há necessidade de enlouquecer testando tudo. As duas principais medições de solo para um plantio saudável são pH e condutividade elétrica (EC).

Por que começar a testar o pH e o EC?

O pH e a condutividade elétrica trabalham lado a lado para garantir a saúde de suas plantas. Cada planta tem seu pH favorito no solo para crescimento. O pH preferencial não é porque a planta é exigente, plantas diferentes precisam de níveis diferentes de nutrientes e o pH do solo determina quais e quantos nutrientes estão disponíveis para as plantas. O pH também pode afetar o crescimento radicular e a atividade microbiana no solo. Medir o pH permitirá que você faça ajustes de pH menores e mais rápidos para que suas plantas não sofram.

Enquanto o pH informa se os nutrientes estão disponíveis para suas plantas, a EC ajuda a rastrear a quantidade de nutrientes disponíveis para as plantas. A EC também pode fornecer uma ideia dos sais dissolvidos no solo. Algumas plantas são mais sensíveis aos sais do que outras, é bom ter isso em mente.

Confira nosso boletim sobre pH do solo para saber mais!

Nota: As medições de condutividade elétrica podem dizer a quantidade de nutrientes no solo, mas não podem informar QUAIS nutrientes estão disponíveis.

Para mais informações sobre a EC do solo, confira nosso boletim!

Como interpretar os resultados de pH

Narcisos preferem solo entre 5 – 8,5 pH.

Muitas plantas de jardim ou horta preferem solo entre pH 5,5 e 8,0. Solo com pH mais baixo faz com que o alumínio se torne solúvel, e o alumínio não é favorável para as plantas. Como metal dissolvido, pode restringir o crescimento radicular. Menos raízes ou menos ramificações se traduzem em uma restrição na captação de água e nutrientes de uma planta; assim, atrofiando o crescimento. Não é apenas um pH mais baixo do solo que restringe as plantas, todos os principais nutrientes que as plantas precisam para florescer (nitrogênio, fósforo, enxofre, cálcio, magnésio, potássio) ficam vinculados e indisponíveis.

Lembre-se que plantas diferentes requerem níveis de pH diferentes? Bem, mesmo a grama tem uma faixa de pH favorita! O gramado típico prefere seu solo entre 6,0 e 7,5 pH. Depois de fazer uma medição de pH do seu solo (recomendamos o HI12922 HALO® medidor de pH do solo sem fio), é hora de decodificar se esse pH é ou não relevante para suas plantas.

Plantas e Flores de Jardim
Plantas Faixa de pH Preferível Plantas Faixa de pH Preferível
Acácia 6.0 – 8.0 Ligustrum 5.0 – 7/5
Acanto 6.0 – 8.0 Magnólia 5.0 – 6.0
Amaranto 6.0 – 6.5 Narcisos 6.0 – 8.5
Bougainvillea 5.5 – 7.5 Oleandro 6.0 – 7.5
Dália 6.0 – 7.5 Paulownia 6.0 – 8.0
Erica 4.5 – 6.0 Portulaca 5.5 – 7.5
Euphorbia 6.0 – 7.0 Primula 6.0 – 7.5
Fuschia 5.5 – 7.5 Rododendro 4.5 – 6.0
Genciana 5.0 – 7.5 Rosas 5.5 – 7.0
Gladíolos 6.0 – 7.0 Sedum 6.0 – 7.5
Heléboro 6.0 – 7.5 Girassol 5.0 – 7.0
Jacinto 6.5 – 7.5 Tulipa 6.0 – 7.0
Iris 5.0 – 6.5 Violeta 5.5 – 6.5
Zimbro 5.0 – 6.5

Saiba mais sobre a medição de pH do solo

Vegetais e Ervas
Plantas Faixa de pH Preferível Plantas Faixa de pH Preferível
Alcachofra 6.5 – 7.5 Pimenta 6.0 – 7.0
Aspargo 6.0 – 8.0 Batata Precoce 4.5 – 6.0
Cevada 6.0 – 7.0 Batata Tardia 4.5 – 6.0
Feijão 6.0 – 7.5 Batata Doce 5.5 – 6.0
Couve de Bruxelas 6.0 – 7.5 Abobora 5.5 – 7.5
Cenoura Precoce 5.5 – 7.0 Arroz 5.0 – 6.5
Cenoura Tardia 5.5 – 7.0 Soja 5.5 – 6.5
Pepino 5.5 – 7.5 Espinafre 6.0 – 7.5
Berinjela 5.5 – 7.0 Morango 5 – 7.5
Alface 6.0 – 7.0 Vagem 6.0 – 7.5
Milho 6.0 – 7.5 Beterraba 6.0 – 7.0
Melão 5.5 – 6.5 Girassol 6.0 – 7.5
Aveia 6.0 – 7.0 Tomate 5.5 – 6.5
Cebola 6.0 – 7.0 Melancia 5.5 – 6.5
Ervilha 6.0 – 7.5 Trigo 6.0 – 7.0

Como interpretar os resultados de EC

As medições de condutividade elétrica tendem a ter um pouco mais de espaço de manobra para muitas plantas. Por exemplo, as cenouras têm uma necessidade mínima de 1,0 mS/cm, uma EC de 2,8 mS/cm é um meio feliz, com um máximo de 8 mS/cm. Faça uma pequena pesquisa para ver qual é a EC ideal para as diferentes plantas que você deseja plantar em sua horta ou jardim. Ter plantas próximas umas das outras que precisam de EC semelhantes pode ajudá-lo a criar zonas saudáveis para obter colheitas com altos rendimentos.

Alguém poderia pensar que quanto mais fertilizantes e nutrientes, melhor. Mas mesmo sendo algo bom, o excesso de nutrientes e fertilizantes pode ser prejudicial para as plantas. Lembra como a salinidade foi mencionada acima? Em excesso, pode inibir a extração de água do solo. Quando isso acontece, desequilíbrios de nutrientes ocorrem e podem realmente causar toxicidade para as plantas. Ao medir sua EC, recomendamos o HI98331 Tester de Condutividade Direto no Solo para uso em horta. Veja abaixo algumas plantas comuns e suas tolerâncias de condutividade elétrica.

EC0 = Condutividade Máxima do Solo Tolerado
EC75 = Com este valor de EC, 75% do rendimento máximo da planta é produzido
EC100 = Valor mínimo de condutividade do solo, abaixo disso o rendimento diminuirá

Pomar
Plantas EC0 (mS/cm) EC75 (mS/cm) EC100 (mS/cm)
Parreira 12 4.1 1.5
Laranja & Limão 8 3.3 1.7
Maça & Pera 8 3.3 1.7
Nogueira 8 3.3 1.7
Ameixa 7 2.9 1.5
Pêssego 6.5 2.9 1.7
Damasco 6 2.6 1.6

Saiba mais sobre a medição da EC do solo.

EC0 = Condutividade Máxima do Solo Tolerado
EC75 = Com este valor de EC, 75% do rendimento máximo da planta é produzido
EC100 = Valor mínimo de condutividade do solo, abaixo disso o rendimento diminuirá

Vegetais e Flora Herbácea
Plantas EC0 (mS/cm) EC75 (mS/cm) EC100 (mS/cm)
Melão 16 5.7 2.2
Espinafre 15 5.3 2.0
Couve-Flor 13.5 5.5 2.8
Tomate 12.5 5.0 2.5
Melancia 10 4.4 2.5
Batata 10 3.8 1.7
Alface 9 3.2 1.3
Pimenta 8.5 3.3 1.5
Cenoura 8 2.8 1.0
Cebola 7.5 2.8 1.2
Morango 4 1.8 1.0
Aveia 28 13 8
Algodão 27 13 7.7
Beterraba 24 11 7
Soja 10 6.2 5
Milho 10 3.8 1.7
Feijão 6.5 2.3 1.0

E se as leituras estiverem fora da faixa necessária?

Nem tudo está perdido se as leituras do solo não estiverem onde precisam estar. Se o solo for muito ácido (os valores de pH são muito baixos), aplique um pouco de cal (carbonato de cálcio, CaCO3) ou triture cascas de ovos. Se o solo for muito básico (os valores de pH são muito altos), tente aplicar gesso (sulfato de cálcio, CaSO4) ou turfa. Você também pode tentar irrigar o solo com mais frequência para ajudar a diminuir o pH.

Se a condutividade elétrica do seu solo estiver muito baixa, você provavelmente precisará aplicar mais fertilizante. Verifique a previsão do tempo antes de aplicar fertilizante. Uma chuva forte pode levar embora os alimentos da planta e você terá que aplicar o fertilizante mais uma vez. Se suas leituras de EC estiverem muito altas, verifique se há sais dissolvidos na água de irrigação (a água utilizada possui uma leitura de EC mais alta?). A água de irrigação com maior teor de sais dissolvidos pode depositar muitos sais no solo. Para corrigir altos níveis de sais, verifique como a sua horta/jardim está drenando, talvez seja necessário configurar uma drenagem melhor. Níveis altos de sais (e de EC) também podem ser indicativos de que o solo está muito seco. Sinta o solo para saber se ele precisa de mais umidade.

Lembre-se sempre de que o custo dos materiais e sua área plantada real podem afetar muito a maneira como você trata o solo da sua horta/jardim. Ao adquirir tratamentos pré-misturados, siga as instruções de aplicação fornecidas pelo fabricante. Em caso de dúvida, faça pequenas alterações incrementais e teste o solo com frequência. Muitos tratamentos são mais bem aplicados no outono para permitir que os ajustes se estabilizem durante o inverno. Isso também irá prepará-lo para uma preparação mais fácil do solo.

Conheça mais sobre a GroLine da Hanna

Siga-nos